Cientistas geram campo elétrico capaz de recompor ossos fraturados

Os engenheiros biomédicos responsáveis pela inovação trabalham na Universidade de Connecticut, sendo que o objetivo da pesquisa inicial era basicamente oferecer mais qualidade de vida às pessoas que quebraram ossos e sentiam dificuldade com o gesso. O molde é feito de um polímero capaz de gerar um campo elétrico controlável, incentivando o crescimento ósseo. Não é tóxico, este polímero se dissolve gradualmente no corpo ao longo do tempo, desaparecendo à medida que o novo osso cresce.

https://quokkamag.com/pt/cientistas-geram-campo-eletrico-capaz-de-recompor-ossos-fraturados/

(Visited 3 times, 1 visits today)